O Amor Verdadeiro Realmente Existe?

depositphotos_88290508-stock-photo-handsome-groom-kissing-blonde-beautiful.jpg   Logo após eu ter presenteado meu sobrinho com o anel de sua mãe, ele teve sorte e ficou noivo da mulher que amava.

Eu estava na casa do meu irmão tentando encontrá-lo, quando ouço uma voz diferente vindo da biblioteca:

-Muito bem – disse Anthony – foi uma boa ensaboadela! Vejamos… você recebeu cinco mil dólares em dinheiro.

    – Ainda desembolsei mais trezentos –  disse a voz estranha aos ouvidos de Ellen – Fui forçado a ultrapassar um pouco o orçamento. As carroças e tílburis custaram cinco dólares, mas precisei pagar dez pelos carroções e parelhas. Os outros condutores cobraram dez dólares, e alguns  dos carros carregados, vinte. O que ficou mais caro, porém, foram os guardas; paguei cinquenta dólares a dois, e aos demais, vinte e cinco. Mas não funcionou tudo maravilhosamente, Mr. Rockwall? Fiquei satisfeito por William A. Brady não ter assistido a essa pequena cena exterior de congestionamento de veículos.

Não acredito que foi tudo armação! Ele não deveria ter metido o dinheiro, quando o fator principal é o amor…

Quando a maçaneta havia girado, Anthony chamou pelo nome “Kelly”.

– Não viu, na confusão geral, uma espécie de garoto gorduchinho, pelado, armado de arco e flechas, viu?

    – Homessa – “Kelly” disse – Não vi nada. Se era como o senhor diz, com certeza os guardas o teriam apanhado antes de eu chegar.

    – Bem imaginei que o velhaco lá não estaria – Anthony riu – Até logo, Kelly.

Logo após ouvir meu irmão se despedir do convidado, corri o mais rápido até a cozinha para não ser notada. Vejo o tal sujeito, Kelly, ir em direção a porta e vou até a biblioteca ao encontro de meu irmão. Assim que chego no cômodo, vou direto ao assunto:

– E então, agora você admite que foi amor verdadeiro?

– O quê? Como assim? Por que está dizendo isso? – Anthony respondeu.

– Não minta para mim dizendo que não acredita no amor. Eu ouvi você agora há pouco. – Afirmei, com um olhar desconfiado.

– Isso não é justo. Você sempre escuta minhas conversas! – Anthony respondeu forçando uma cara de tristeza.

– Mas por que você pagou para que isso acontecesse? Você realmente achou que eles não fossem ficar juntos? – perguntei parando em sua frente.

– Até o momento, eu achava que o amor poderia ser comprado, mas com as palavras de Kelly, percebi que não era bem assim.

– Há! – eu gritei – Você admitiu! Você acredita no amor verdadeiro!

– É, acho que sim.

Anúncios